A intensidade com que vivi nos últimos dois meses me foi completamente inédita.

Por quantas vezes não vi passar em minha vida tempo assim sem sequer experimentar mudança alguma? Por mais curto que pareça ser um dia, uma quinzena, um mês, dois, quando preenchido com verdadeiro amor, esse tempo dá a nossas vidas um tempero essencial.

Agarro-me a meus momentos com força, ávido por vivê-los integralmente, e encontro eco em meu querer, e ele se espalha por todo o espectro do que me permito sentir.